22/06/2012

A febre do twitter

MENSAGENS POSTADAS NO TWITER – Por Janethe Fontes

  • Li uma reportagem legal na revista Psique: "A febre do twitter". Interessante a ótica de alguns psicólogos sobre esse microblog. Impossível não refletir sobre o que leva as pessoas a gostarem tanto disso.

  • 2º a reportagem, as pessoas (não todas, claro!) fazem de tudo para conquistar fama neste tipo de espaço. E a busca incansável por seguidores, como se isso pudesse realmente tornar alguém famoso, é um dos sintomas patológicos dessa ferramenta...

  • Outra coisa interessante abordada na reportagem é o fato de mostrar o quanto o ser humano busca satisfazer seu ego, sobretudo atualmente.

  • Mas o legal desse microblog (Twitter) é que ele pode realmente "aproximar" pessoas que tem as mesmas afinidades.

  • Com o devido cuidado, pode-se, inclusive, fazer algumas boas amizades. Lembrando que nada substitui o "olho no olho", o abraço, o toque.

  • Confesso que no início não gostava muito dessa coisa de "seguir e ser seguida". Achava que era uma forma estranha de fazer amizade.

  • Aderi ao twitter quase por necessidade, para não ficar de fora dessa "mídia social" tão valorizada atualmente. Aderi também porque me pareceu uma forma interessante de contato com os meus leitores. Uma forma de me aproximar daqueles que acompanham o meu trabalho. Apesar de não ter certeza se isso realmente acontece ou se é só ilusão.

  • O fato é que ninguém pode fugir da "modernidade", e aderir a esse tipo de mídia se torna quase uma obrigação para os que tentam viver da arte.

  • Fato também é que as redes sociais vieram para ficar. Resta-nos apenas torcer que esse tipo de mídia tenha vindo mais para o bem, do que para o mal.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Quando a última árvore cair, derrubada; quando o último rio for envenenado; quando o último peixe for pescado, só então nos daremos conta de que dinheiro é coisa que não se come".

(Índios Amazônicos)

Twitter Facebook Google+ Email More