30/12/2014

2014: Ano de mudanças, alegrias e algumas frustrações

Por Janethe Fontes


Este ano foi marcado pelas mudanças que, na verdade, deram início em setembro de 2013, com a minha saída de um emprego que, apesar dos pesares, me trazia segurança financeira e algumas “regalias” pessoais. Mas eu não estava feliz e não conseguia encontrar tempo suficiente para investir na literatura... em meus sonhos.

Não foi uma decisão nada fácil. Eu sabia que a falta de autonomia financeira poderia me causar arrependimento, entre outros problemas mais graves. E para quem sempre foi muito independente financeiramente e prezava por demais isso, havia um peso emocional extra a se considerar na decisão.

Enfim, a voz do meu angustiado coração venceu! Eu enfrentei os meus temores e, depois de “negociar” minha demissão, tracei meu planos para 2014. Mergulhei em expectativas que há algum tempo não saíam do papel. E 2014 foi um ano realmente de muitas alegrias e também de algumas frustrações. O que é normal! Afinal, as decepções fazem parte da vida.

Hoje, posso dizer que não me arrependo de nada do que fiz, apesar dos inúmeros apertos financeiros. Pois eu sei que uma carreira sólida não se constrói ao acaso. É preciso muita dedicação, entregar-se verdadeiramente aos nossos sonhos.

Hoje, posso dizer também que a luta valeu a pena! Obviamente eu ainda não atingi todas as minhas metas, mas muita coisa aconteceu além das minhas expectativas iniciais para o ano de 2014: Conheci vários lugares/cidades e ainda inúmeras pessoas que se tornaram amigas e fãs (é mole?), além de ingressar numa das academias literárias mais reconhecidas do país: a Academia Guarulhense de Letras, algo que, até bem pouco tempo, parecia um sonho impossível.

Só que eu não teria chegado até onde cheguei sozinha! Tenho plena consciência que se não fosse o apoio de amigxs, familiares e também dos meus leitorxs, eu não teria tido força suficiente para trilhar esse caminho tão árduo da literatura! Não vou mencionar os nomes aqui porque a lista de pessoas a agradecer ficaria grande demais e eu também não quero correr o risco de esquecer de citar pessoas importantes. Mas agradeço imensamente a todxs que torceram por mim, que me apoiaram e continuarão apoiando!



Um lindo 2015 a todxs vocês!!

          


Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Parabéns pela coragem de mudar, parabéns pelo trabalho cultural maravilhoso que realiza. Parabéns!!! Feliz 2015!

    ResponderExcluir

Quando a última árvore cair, derrubada; quando o último rio for envenenado; quando o último peixe for pescado, só então nos daremos conta de que dinheiro é coisa que não se come".

(Índios Amazônicos)

Twitter Facebook Google+ Email More