30/11/2016



Querido diário 'mais do que otário', estou encerrando o ano com um profundo cansaço. Este 2016 foi muito pesado, né? Mas 2017 não promete ser muito melhor em termos de direito, de política e cidadania... 



0 comentário(s):

Postar um comentário

Quando a última árvore cair, derrubada; quando o último rio for envenenado; quando o último peixe for pescado, só então nos daremos conta de que dinheiro é coisa que não se come".

(Índios Amazônicos)

Twitter Facebook Google+ Email More